domingo, 10 de novembro de 2013

Índigenas no Brasil: Demandas dos povos e percepções da opinião pública - Por Tânia Pacheco

Organizado por Gustavo Venturi e Vilma Bokany e lançado pelo Instituto Rosa de Luxemburgo e Fundação Perseu Abramo:

Indígenas no Brasil: Demanda dos povos e percepções da opinião pública

tem dois níveis de importância para nós. Primeiro,  trata-se de uma pesquisa extremamente rica,  realizada pela FPA ao longo de 2010 e 2011, envolvendo três grupos distintos, lideranças indígenas que continuam na luta no território; índios não-aldeados ou de periferias urbanas; e população não-indígena e suas opiniões sobre a realidade indígena no Brasil de hoje. 

Esse material é mostrado em tabelas ricas e bem cuidadas, que fornecem material para as nossas reflexões, das páginas 185 a 262 do livro.



Mas os organizadores foram além e nos forneceram um segundo presente: um primeiro olhar sobre esses dados, traduzido em artigos escritos por pessoas que são consideradas especialistas na questão no Brasil, mesmo que nem sempre concordemos com todas as opiniões publicadas. 

É assim que encontramos, pela ordem, os organizadores introduzindo a questão em “Indígenas no Brasil: Estado nacional e política públicas”, seguidos de:

A justiça e os direitos dos povos indígenas, por Ricardo Verdum
O movimento indígena como voz de resistência, Marcos Terena
Povos indígenas, preconceito e ativismo político, Antônio Carlos de Souza Lima e Sergio Ricardo Rodrigues Castilho
Violação dos direitos humanos e a luta pela terra Guarani-Kaiowá, Spensy Pimentel
Direitos indígenas no Brasil: reveses, avanços e contradições, Mário Meira
A presença indígena nas cidades, Lucia Helena Rangel, Luciana Galante e Cynthia Franceska Cardoso
PAC 2:  acelerando a tristeza na Amazônia, Verena Glass
Saúde da População indígena, István van Deursen Vargas, Luís Eduardo Batista e Rosana Lima Viana.






Nenhum comentário: