sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Sábado Resistente: debate Verdade 12.528 e Clínica do Testemunho

No dia 9/11, o Memorial da Resistência de São Paulo fará exibição de documentário sobre a Comissão da Verdade e terá Conversa Clínica Pública da Clínica do Testemunho do Instituto Projetos Terapêuticos

Este Sábado Resistente contará com duas atividades que têm uma relação essencial nas questões relacionadas ao debate sobre Memória, Verdade e Justiça que tem tomado conta do país, com o estabelecimento da Comissão Nacional da Verdade.

Primeiramente, com a exibição do recém-lançado documentário:

 "Verdade 12.528"

de Paula Sacchetta e Peu Robles, seguida da Conversa Pública do Projeto Clínica do Testemunho do Instituto Projetos Terapêuticos de São Paulo, um dos cinco selecionados pela Comissão de Anistia do Ministério da Justiça para participar do projeto de reparação psicológica aos afetados pela ditadura civil e militar de 1964-1985.

Verdade 12.528

O documentário de Paula Sacchetta e Peu Robles aborda as questões básicas sobre como manter viva a memória dos que tombaram durante a ditadura e de que maneira contornar os impedimentos legais trazidos pela Lei da Anistia, promulgada em 1979, prosseguindo com os trabalhos de resgate e reconstrução deste período.

O filme também evidencia como resquícios da ditadura civil-militar que tomou conta do país por 21 anos continuam presentes em nossa sociedade, debatendo o papel da Comissão Nacional da Verdade na busca de algumas destas respostas.

Clínica do Testemunho

O Instituto Projetos Terapêuticos compõe, junto com outras quatro instituições de quatro capitais brasileiras, as "Clínicas do Testemunho", promovidas pela Comissão de Anistia do Ministério da Justiça. Esta iniciativa visa oferecer apoio e acompanhamento aos anistiados, anistiandos e familiares afetados pela violência de Estado durante a ditadura civil-militar de 1964-1985 no Brasil.

A atividade consistirá de uma Conversa Clínica Pública: uma proposta para intervir sobre o silenciamento nos espaços coletivos ao criar um campo de circulação da palavra, em que várias vozes são escutadas por muitos ouvintes pareados na experiência sobre questões que dizem respeito à relação entre a violência de Estado e a subjetividade.

PROGRAMAÇÃO

14h: Boas vindas - Karina Teixeira (Memorial da Resistência de São Paulo)
Coordenação - Milton Bellintani (diretor do Núcleo de Preservação da Memória Política)

14h15 - 15h10: Exibição do documentário "Verdade 12.528"

15h15 - 16h15: Conversa Publica do Projeto Clínica do Testemunho do Instituto Projetos Terapêuticos:
- Maria Beatriz Vannuchi (Psicanalista e analista institucional, coordenadora do Núcleo de Atendimento de Famílias, integrante do Núcleo de Investigação e Pesquisa do Instituto Projetos Terapêuticos; terapeuta da Clínica do Testemunho).
- Maria Marta Azzolini (Psicanalista, membro do Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae e professora no curso 'Clínica Psicanalítica, Conflito e Sintoma'; terapeuta da Clínica do Testemunho).
- Rodrigo Blum (Psicanalista, membro do Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae, integrante do Grupo de Transmissão e Estudos de Psicanálise, professor convidado do Centro de Estudos Psicanalíticos; terapeuta da Clínica do Testemunho) .

16h15 - 17h30: Debate do público com os psicanalistas da Clínica do Testemunho e os diretores do documentário:
- Paula Sacchetta (Jornalista e diretora do documentário "Verdade 12.528". Ganhadora do 34º Prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos na categoria revista, com reportagem sobre a Comissão da Verdade publicada na revista Caros Amigos em 2012).
- Peu Robles (Economista, fotógrafo e diretor do documentário "Verdade 12.528").

Os Sábados Resistentes, promovidos pelo Memorial da Resistência de São Paulo e pelo Núcleo de Preservação da Memória Política, são um espaço de discussão entre militantes das causas libertárias, de ontem e de hoje, pesquisadores, estudantes e todos os interessados no debate sobre as lutas contra a repressão, em especial à resistência ao regime civil-militar implantado com o golpe de Estado de 1964. Os Sábados Resistentes têm como objetivo maior o aprofundamento dos conceitos de Liberdade, Igualdade e Democracia, fundamentais ao Ser Humano.

Local: 
Memorial da Resistência de São Paulo

Endereço: 
Largo General Osório, 66 - 5º andar, Auditório Vitae


Nenhum comentário: