sábado, 5 de julho de 2014

Exorcismo reconhecido pelo Vaticano

O Vaticano reconheceu uma associação de exorcismo, apesar de não ser muito aceite pelos católicos. 

O Papa Francisco que tem falado cada vez mais no 'demónio' e que se deve combater contra este, resolveu reconhecer esta prática, conta o Observatore Romano, segundo o Jornal de Notícias.

A Associação Internacional de Exorcistas foi reconhecida pelo Vaticano, que optou por apoiar esta uma prática que normalmente não é aceite pela Igreja Católica, revelou o Observatore Romano, de acordo com o Jornal de Notícias.

O Papa Francisco que tem falado muito sobre a existência do ‘diabo’ e sobre a necessidade de lutar por diferentes meios contra ele, assinou a 13 de junho, um decreto que aprova os estatutos jurídicos desta associação.


“O exorcismo é uma forma de caridade para o benefício das pessoas que sofrem de profundos problemas interiores” explicou o padre Francesco Bamante, presidente da associação.



Nenhum comentário: