terça-feira, 26 de agosto de 2014

Piso de mármore de igreja de 800 anos é descoberto para visitantes

Chão de mosaicos da Catedral de Siena levou 500 anos para ser feito. Desenhos ficam destampados apenas algumas semanas do ano.


Considerado uma obra de arte tão valiosa como o edifício onde se encontra, o piso da Catedral de Siena, na região italiana da Toscana, fica recoberto a maior parte do tempo. Apenas uma vez por ano ele é destampado e os visitantes podem apreciá-lo por algumas semanas, neste ano, esse período começou no último dia 18 de agosto e vai até 27 de outubro.

O piso é feito de mármore com desenhos em mosaico, muitos deles representando passagens bíblicas. Diversas gerações de artistas italianos renomados participaram de sua construção, que durou 500 anos, iniciando-se em 1300 e terminando por volta de 1800.

O pintor Giorgio Vasari (1511-1574) classificou a obra como o piso “mais lindo, maior e magnífico” que jamais foi feito. A catedral, que tem mais de 800 anos de idade, recebe cerca de um milhão de visitantes por ano.


O ingresso custa 7 euros e inclui visita ao piso, à catedral e à biblioteca Piccolomini. O horário de funcionamento é de segunda a sábado, das 10h30 às 19h30, e aos domingos, das 9h30 às 18h.




Nenhum comentário: