terça-feira, 16 de setembro de 2014

Papa viaja domingo à Albania para promover diálogo entre religiões

O Papa Francisco fará no próximo domingo, em visita à Albânia, sua primeira viagem pela Europa para estimular o diálogo inter-religioso, anunciou nesta segunda-feira o porta-voz do Vaticano.

Antes de ir ao Parlamento Europeu em Estrasburgo, no final de novembro, Francisco visitará por 11 horas este pequeno país europeu.

O porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, desmentiu categoricamente as eventuais ameaças contra o papa, procedentes de islamitas simpatizantes do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) e divulgadas pela imprensa italiana.

"Não, não tenho o menor conhecimento disso (...) (O papa) utilizará o jeep (descoberto) usado na praça São Pedro. Não quer que haja obstáculos entre ele e o povo", disse Lombardi.

A Albânia foi escolhida para a visita porque Francisco "quer promover um clima de coexistência serena entre as religiões que pode ser uma mensagem para outras partes do mundo", acrescentou.

Francisco, que será acompanhado por seu "ministro" para o diálogo inter-religioso, o cardeal francês Jean-Louis Tauran, se reunirá com responsáveis de seis comunidades religiosas presentes na Albânia: muçulmanos, bektashi (corrente do Islamismo), ortodoxos, católicos, protestantes e judeus.


Outro objetivo é "prestar homenagem a diferentes confissões e religiões" que resistiram a "terríveis perseguições" do regime comunista de Enver Hodja (1945/85), que instituiu o ateísmo na Constituição albanesa da época, explicou o padre Lombardi.




Nenhum comentário: