sábado, 24 de janeiro de 2015

Seminário prepara cristãos para suportar perseguição - Por Leiliane Roberta Lopes



A província de maioria cristã já começa a sofrer perseguições com o aumento de muçulmanos que se migraram para lá.

Colaboradores do Ministério Portas Abertas realizaram um seminário em Papua, na Indonésia, para preparar líderes cristãos diante das perseguições. 

Com o tema de: “Permanecendo Firme Através da Tempestade”, os voluntários se juntaram aos líderes na base militar para oferecer o treinamento.

O objetivo do seminário é preparar as igrejas para que reajam biblicamente em tempos de perseguição. A Papua é uma província que pertence à Indonésia, mas se diferencia do restante do país por ter a maioria da população cristã.

Acontece que nos últimos anos o número dos muçulmanos tem aumentando na província, começando a gerar confrontos e perseguições. Para se ter uma ideia em dez anos a proporção de 90% cristãos e 10% muçulmanos passou para 60% cristãos e 40% muçulmanos.

Entre os motivos para este crescimento seria a migração de indonésios que vão para Papua em busca de melhores oportunidades econômicas, com o transporte cada vez mais acessível esses números não param de subir, o que preocupa a comunidade cristã.

O medo dos papuas se baseiam na história da província vizinha Maluku que em 1990 teve uma guerra religiosa sangrenta que deixou 7 mil mortos e 30 mil pessoas deslocadas.


Alguns casos de intolerância religiosa em Papua já foram registrados pela imprensa, o jornal: “The Sydney Morning Herald” relatou que mais de 2.200 crianças foram levadas para a ilha de Java e foram matriculadas em uma escola islâmica. Lá, elas serão não apenas introduzidas ao islã, como também treinadas para um dia de propagação do islamismo em Papua.




Nenhum comentário: