domingo, 29 de setembro de 2013

Encontrado um livro judaico de orações de 1.200 anos de idade

Um livro judaico de orações de 1.200 anos de idade, considerado o mais antigo em existência, foi apresentado em 27 de Setembro no Texas por um colecionador particular de artefatos bíblicos.

O livro de 50 páginas, completo, mede 13 por 10 centímetros e traz em seu texto vogais babilônicas, precursoras das vogais do hebraico moderno. 

Elas, juntamente com a datação por carbono-14, permitiram aos estudiosos estimar a confecção do livro no século 9 da Era Comum, o que o torna várias centenas de anos mais velho que o mais antigo dos rolos da Torá. Ele só não é mais antigo que os Manuscritos do Mar Morto.

Pesquisadores acreditam que o livro pode ser a conexão mais antiga que os judeus têm com as raízes de sua liturgia rabínica. 

O livro de orações revelado possui serviço de Shabat e 100 bênçãos que os judeus dizem todos os dias. Não foi revelado em que país o livro foi descoberto.




Nenhum comentário: