quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Mostra discute representação das religiões pelo cinema nacional

A 'Mostra Cinema de Santo' vai exibir 40 filmes de longa, média e curta metragem, em Cachoeira (Auditório da UFRB) e em Salvador (Biblioteca dos Barris, Sala Walter da Silveira), entre os dias 7 e 19 de fevereiro de 2014.

'Cinema de Santo' é uma mostra de filmes brasileiros dedicada a manifestação religiosa, em particular às religiões de influência africana.

As mesas de debate propõem uma discussão das problemáticas presentes na representação cinematográfica das religiões afro-brasileiras, levando em consideração aspectos éticos e estéticos a partir de uma perspectiva histórica.

Os debates serão realizados em Cachoeira e serão compostos por cineastas, críticos, representantes das ciências humanas e das religiões afro-brasileiras. São duas mesas de discussão com um mediador e quatro convidados. Os temas são: 'Panorama Histórico', 'Religião e Cinema - A Poética da Representação'.

Serão ao todo 40 programas, cada um composto por um longa e um curta-metragem, exibidos durante os 12 dias do evento. Entre o filmes exibidos na Mostra Cinema de Santo estão:
  • O Amuleto de Ogum (1975), de Nelson Pereira dos Santos;
  • Anjo Negro (1972), de José Umberto Dias;
  • As Aventuras Amorosas de um Padeiro (1961), de Waldyr Onofre;
  • Copacabana, Mon Amour (1973), de Rogério Sganzerla;
  • Cordão de Ouro (1977), de Antônio Carlos Fontoura;
  • O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro (1969), de Glauber Rocha;
  • Egungun (1982), de Carlos Blajsblat;
  • O Fio da Memória (1989), de Eduardo Coutinho;
  • O Fim da Picada (2009), de Christian Saghaard;
  • Samba da Criação do Mundo (1978), de Vera Figueiredo;
  • A Cidade das Mulheres (2005), de Lázaro Faria;
  • Jardim das Folhas Sagradas (2010), de Pola Ribeiro;
  • Devoção (2008), de Sérgio Sanz





Nenhum comentário: