quinta-feira, 3 de abril de 2014

Impressionante mosteiro do período bizantino foi descoberto em Israel

Um impressionante mosteiro do período bizantino foi descoberto em Hura no norte do deserto de Neguev, Israel, durante uma escavação arqueológica preventiva efetuada no âmbito da minimização de impactos arqueológicos de um empreendimento rodoviário. 

A estrutura, que mede 20 × 35 metros, está dividida em salas construídas ao longo de um eixo Leste-Oeste, as mais notáveis das quais são a sala de oração e a sala de jantar, devido aos impressionantes mosaicos que foram encontrados ainda em muito bom estado de preservação.

Em particular a sala de oração é pavimentada com um mosaico caraterizado por um padrão vivo decorado de folhas e cores de azul, vermelho, amarelo e verde. O chão da sala de jantar apresenta um pavimento de mosaico colorido que exibe motivos florais, decorações geométricas, ânforas, cestas e até mesmo um par de pássaros.

Segundo Daniel Varga, diretor científico da intervenção arqueológica, este mosteiro, situado perto do assentamento bizantino de Horbat Hur, é um mosteiro que integra uma série de mosteiros situados ao longo de uma estrada que ligava a Transjordânia com Beer Sheva.

Os pavimentos de mosaico também incluem quatro inscrições com dedicatórias que revelam os nomes dos abades do mosteiro: Eliyahu, Nonus, Salomão e Ilrion, e as datas em que foram construídos.

Estas inscrições ajudaram a datar a estrutura, atirando com a cronologia do mosteiro para a segunda metade do século VI DC. Uma das inscrições é bilíngue. Além do grego, há também uma inscrição em língua siríaca.


Na entrada para o mosteiro foram também detectadas quatro salas pavimentadas com um mosaico branco. Muito espólio cerâmico foi exumado durante escavação, onde se incluem recipientes de armazenamento de grande porte como, por exemplo, diferentes tipos de ânforas, jarros, panelas e tigelas. Além da cerâmica foi também recolhido muito espólio vítreo atribuído ao período bizantino, bem como moedas.




Nenhum comentário: