quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Mendes defende fim da intolerância religiosa com as matrizes africanas

O mês de setembro é tradicionalmente conhecido como período de homenagem aos santos católicos São Cosme e São Damião, no sincretismo do candomblé, os Erês.

Como formar de agradecer aos santos que eram irmãos gêmeos, formados em medicina e que faziam curas às diversas doenças gratuitamente, famílias e terreiros de candomblé oferecem nesta época o famoso caruru de “Cosme e Damião”. 

O candidato ao Governo do Estado pelo PSOL, Marcos Mendes, participou na noite de ontem (24/09), da histórica celebração realizada pelo Centro Caboclo Sutão Das Matas, no bairro de Pernambués, capital baiana.


Segundo Mendes, o caruru oferecido, durante todos os anos, representa o sincretismo religioso tão presente  na cultura baiana e brasileira. 

“Nós percebemos de forma nítida a associação entre os santos católicos e entidades ligados a religiosidade africana. Essas duas religiões se cruzam e estão entrelaçadas! Nós do PSOL respeitamos e valorizamos o legado cultural oriundo da diáspora negra e da fé católica! Devemos sempre combater ações de intolerância religiosa e de preconceito com as comunidades de matrizes africanas”, destacou o psolista acompanhado do candidato a Deputado Estadual, Walter Altino.





Nenhum comentário: