sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Guarujá apresenta programação da 10ª Festa de Iemanjá


O evento se tornou tradicional na Cidade e congrega as religiões de matrizes africanas.

Para celebrar um dos orixás mais populares das religiões de matrizes africanas, a Prefeitura de Guarujá prepara a 10ª Festa de Iemanjá. 

O evento é coordenado pela Secretaria Municipal de Cultura e os terreiros de umbanda e candomblé do Município. A iniciativa já se tornou tradicional na Cidade e congrega as religiões de matrizes africanas. A festa acontece na Praia da Enseada, em frente a Praça Horácio Lafer, em 2 de fevereiro, a partir das 17h30.

De acordo com o secretário municipal de Cultura, Odair Dias Filho, a Festa de Iemanjá também tem como caráter o combate á intolerância religiosa e étnica. Esta luta é comemorada em todo o Brasil no dia 21 de janeiro, como o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa. 

Neste contexto, o secretário pontua que “a programação vai além da festa, pois a Prefeitura traz seminários, discussões e outras atividades de valorização à cultura afro-descendente por três dias, abordando palestras, históricos de terreiros, arte, culinária, moda e apresentações”, ressaltou Odair.

A abertura com ato solene será em 31 de janeiro, às 19h30, na Praça Horácio Lafer, na Enseada, com grande roda e apresentações culturais. Já no dia 1º de fevereiro, às 18 horas, haverá apresentações de capoeira, Afoxé Motumbaxé, Afro Ketu e palestras.

No dia 2, quando é celebrado o Dia de Iemanjá, às 17h30 haverá apresentação de capoeira e, a partir das 19 horas, a concentração de fé com a chegada dos terreiros com cânticos e louvores para iniciar a procissão de Iemanjá.

História


Iemanjá é uma divindade africana das religiões candomblé e umbanda, um orixá. Sua festa é celebrada em 2 de fevereiro e ela é considerada a padroeira dos pescadores e seu nome vem de “Yèyé omo ejá”, do idioma yorubá. O significado é “mãe cujos filhos são como peixes”. 

Sua festa é bastante popular e os fiéis costumam levar presentes e oferendas, como flores, perfume, sabonete, espelho e bijuteria, que são lançados ao mar.





Nenhum comentário: