quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Lisboa vai receber primeiro templo mórmon de Portugal


Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias vai ter campanário de 43 metros e terá parque de estacionamento com 117 lugares.

Lisboa vai receber o primeiro templo mórmon em Portugal, a construir no Parque das Nações, com um campanário de 43 metros de altura, cerca de 2.000 m2 de área e em betão armado à prova de sismo.

A cerimónia de lançamento da primeira pedra da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias vai decorrer no sábado, sendo também apresentado, nesse dia, o "projeto de forma mais detalhada aos fiéis da Igreja e à comunidade em geral", disse à Lusa fonte da Igreja mórmon.

Numa nota escrita, a mesma fonte adiantou que a área de implantação do templo será de dois hectares, jardins incluídos, que o templo não vai exceder os 2.300 m2 e que terá um parque de estacionamento com 117 lugares.

"O edifício do templo será construído em betão armado, à prova de sismo, e terá uma cobertura de pedra calcária em todo o exterior. Terá vitrais nas janelas. O campanário terá uma altura de 43 metros, já com a estátua do anjo Moróni no local", acrescentou.

Aquela estátua é usada em quase todos os templos e é a representação da pregação do evangelho por um antigo profeta do Livro de Mórmon (conjunto de escrituras usadas pelos Mórmons, a par da Bíblia).

A fonte disse ainda que o "interior terá chão em mosaico, pedra e carpete, as portas e respetivos umbrais serão trabalhados em termos de carpintaria, os corrimões serão em bronze e algumas das paredes serão pintadas".

Questionado sobre os valores previstos para a construção do templo, a fonte escusou-se a responder, alegando "não ter acesso a essa informação". A construção do templo vai demorar entre dois a três anos e, depois de inaugurado, vai estar aberto ao público em geral durante umas semanas para permitir visitas feitas por guias para explicar o propósito de cada sala e dependência.

Após essas "semanas abertas", "o templo é então 'dedicado' e, a partir dessa data, apenas membros da Igreja poderão entrar", indicou a fonte. O crescimento de fiéis da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias motivou a construção do templo, uma vez que, "assim que a Igreja tem uma relativa dimensão num determinado país, é construído um templo".

Segundo a mesma fonte, existem atualmente 42 mil membros em Portugal e o templo mais perto que têm é em Madrid, Espanha. "Ter um templo em Portugal irá dar aos fiéis a oportunidade de casar e realizar ordenanças sem ter de incorrer em viagens longas e dispendiosas para outros países", frisou.

A cerimónia de sábado é reservada a convidados, "podendo o público em geral assistir aos procedimentos em direto a partir das capelas locais (reservadas para as reuniões dominicais, ensino religioso e atividades recreativas ou sociais)", através da televisão.

O templo da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias vai ser construído na zona norte do Parque das Nações, próximo do mercado de Moscavide.






Nenhum comentário: