quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Monges criam organização para enfrentar pobreza – Por Juliana Batista

Um grupo de monges budistas no Japão fundou a organização:

«Monges Sem Fronteiras»

para unir as comunidades religiosas budistas e outras religiões para enfrentar problemas humanitários. 

O nome da nova associação sem fins lucrativos é inspirado em outras organizações não governamentais, que reúnem médicos e outros profissionais, e é fruto da ideia de dois monges: Hiroaki Nakajima, de 43 anos, monge budista líder do templo Jokoji, na cidade de Quioto, e Eryo Sugiwaka, de 53 anos, líder do templo Hokkeji, em Kameoka.


A organização não governamental pretende reunir diversas escolas de budismo existentes no mundo para enfrentar problemas globais como a eliminação da pobreza, a discriminação e outras questões sociais. 

Além disso, também se pretende favorecer a colaboração com comunidades religiosas de outras crenças e enfrentar problemas globais.



Nenhum comentário: