sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Francisco leva três vezes mais fieis ao Vaticano que Bento XVI

O papa Francisco atraiu o triplo de fieis ao Vaticano em dez meses de pontificado que seu predecessor Bento XVI durante todo um ano, indicou na quinta-feira a Casa Pontifícia.


Segundo o Vaticano, 6.623.900 fieis compareceram às audiências gerais, às celebrações litúrgicas e à oração do Angelus de domingo depois da eleição de Jorge Mario Bergoglio ao pontificado em 13 de março.

Apenas nas audiências gerais semanais, que tradicionalmente acontecem nas quartas-feiras, a Casa Pontifícia registrou mais de um milhão e meio de participantes, ou seja, uma média de 51.500 pessoas. 

A oração do Angelus, que acontece no domingo e por ocasião de grandes festas, reuniu mais de 2,7 milhões de pessoas.

Em comparação, durante os 15 primeiros meses do pontificado de João Paulo II (1978-2005), a média de fieis presentes era de 33.000 por audiência.

Essas cifras não levam em conta as visitas de Francisco à diocese de Roma, à ilha de Lampedusa, Cagliari (Sardenha) e Assis, nem sua participação na Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro, em julho passado.


"O efeito Francisco" é evidente em Roma. A Praça de São Pedro está sempre cheia e os hotéis registraram aumento de hóspedes.



Nenhum comentário: