sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Marina se encontra com cardeal arcebispo do Rio de Janeiro

A candidata do PSB à Presidência da República, Marina Silva, deixou o prédio da Arquidiocese do Rio de Janeiro na manhã desta sexta-feira (12/09) e seguiu para a sede da Federação das Indústrias do Rio (Firjan) onde deverá conceder entrevista coletiva. 

Ao lado do cardeal arcebispo do Rio de Janeiro, D. Orani Tempesta, a candidata, que é evangélica, fez um rápido pronunciamento e disse que os dois discutiram assuntos como a reforma política, que ela classificou como "a reforma das reformas".

"(Vim) atendendo a um convite de D. Orani. Exatamente há um mês estávamos aqui eu e Eduardo (Campos, então candidato do PSB). Foi uma coincidência porque hoje é aniversário desse encontro e no dia seguinte houve a fatalidade que ceifou sua vida (Campos foi vítima de um acidente aéreo em 13 de agosto). Na oportunidade em que estive aqui, eu era vice e falamos de nossas propostas para mudar o Brasil, melhorar a qualidade da política, dizer que estávamos interessados no debate e não no embate, discutir ideias, dizer que a base da nossa aliança era um programa que trata da saúde, da educação, da segurança, retorno do crescimento e da estabilidade econômica. E agora, assumindo este lugar (de candidata) vim reiterar o que já havíamos dito em relação ao nosso programa e à nossa disposição para unir o Brasil em torno de ideias e projetos", disse.


O encontro entre Marina e o arcebispo estava inicialmente marcado para ontem, mas não entrou na agenda da candidata, apesar da confirmação da Arquidiocese. 

A reunião foi transferida para hoje e apareceu somente no início da manhã na agenda oficial da candidata. Marina entrou pela garagem do prédio pouco antes das 8h e deixou o local cerca de uma hora depois. Ela desceu acompanhada do arcebispo e fez o rápido pronunciamento ao lado de D. Orani, no hall do prédio.



Nenhum comentário: