quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Campanha quer atrair fiéis com hambúrgueres e fritas do McDonald's


Para evitar que fiéis continuem abandonando igrejas, uma agência americana pensou no que considera a solução perfeita: unir Jesus a hambúrgueres e fritas. 

Para bancar a abertura de uma filial do McDonald’s em uma paróquia, o projeto de financiamento coletivo McMass (McMissa em português) pretende levantar 1 milhão de dólares por meio do site Indiegogo. 

De acordo com o projeto, cerca de 3 milhões de pessoas deixam de frequentar igrejas nos Estados Unidos anualmente. Em 2013, 70 paróquias fecharam naquele país. 

Já o McDonald’s atrai 9 milhões de famílias aos restaurantes da rede todos os dias, criando experiências coletivas ao servir cerca de 70 milhões de refeições diárias.

"Para revitalizar as igrejas, precisamos da melhor e mais renomada marca", informa o site institucional do MacMass. 

"Combinando uma igreja com o McDonald's nós podemos criar uma igreja popular, autossustentável e engajada com a comunidade”, acrescenta o grupo, que é liderado por Paul Di Lucca. 

Em entrevista à rede de TV americana NBC, ele disse que "o cristianismo não é capaz de capturar o público moderno". 

De acordo com o vídeo da iniciativa, as igrejas são os locais ideais para a abertura de novas filiais da marca, já que precisam de fonte de renda e público, duas coisas que a rede de fast food pode oferecer. 

As igrejas, por sua vez, possuem uma bela arquitetura e boa localização. Para divulgar a iniciativa, a agência pensou na hashtag "#Feast4Jesus", que significa "festa para Jesus". 


A campanha prevista para ser encerrada em 16 de janeiro de 2015 arrecadou míseros 242 dólares até o momento. Em contrapartida, o projeto oferece brindes que vão desde um “Amém”, para doações de 1 dólar à colocação de um tijolo com o nome do doador em uma parede para doações acima de 1 mil dólares. A igreja que pode receber a filial do McDonald’s só será escolhida se a campanha for bem-sucedida. 




Nenhum comentário: