segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Desigualdades da economia em debate no Porto/Portugal – Por Francisco Pedro


Jornadas sobre as desigualdades sociais juntam especialistas num diálogo entre a teologia e as ciências económicas. 

O encontro foi buscar inspiração à exortação apostólica do Papa Francisco, onde aborda: "a economia que mata e a economia que faz viver".

Alertar a sociedade para as "desigualdades da economia" é um dos objetivos das Jornadas da Teologia que se realizam entre 02 e 05 de fevereiro, no auditório Carvalho Guerra, no polo do Porto da Faculdade de Teologia. 

Entre os vários teólogos e economistas presentes destaca-se a participação de "um dos maiores especialistas" em teologia moral, o espanhol Marciano Vidal, do Instituto de Ciências Morales de Madrid (Espanha). 

Perante as desigualdades sociais atuais, pretende-se "debater causas, efeitos e soluções, num diálogo interdisciplinar entre a teologia e as ciências económicas", explica em comunicado a Faculdade de Teologia, que promove a iniciativa em parceria com a Faculdade de Economia e Gestão, também da Universidade Católica Portuguesa. 

No documento, citado pela agência Ecclesia, é explicado que o primeiro dia do encontro será reservado para "analisar a atual conjuntura" e compará-la com as crises passadas. 

O segundo dia vai centrar-se no papel dos mercados financeiros e “se a especulação financeira está ou não na origem da crise”, terminando as jornadas com várias intervenções de cariz social e uma reflexão sobre a realidade do "Apostolado Social e da Economia Social".






Nenhum comentário: