quarta-feira, 18 de março de 2015

Três são condenados à prisão por ''insulto à religião'' em propaganda no Facebook


Depois de publicarem a imagem na qual Buda usa fones de ouvido para divulgar um bar em Ragum, na Birmânia, o neozelandês Philip Blackwood e mais dois colegas birmaneses foram condenados na terça-feira (17/03) a dois anos e meio de prisão por "insulto intencional as crenças religiosas" e "perturbação da ordem pública’’.

Anúncio gerou manifestações em torno do bar e condenação na Birmânia. Segundo AFP, a imagem que causou a condenação do trio foi publicada no Facebook em dezembro e gerou manifestações nas proximidades do bar. 

A medida, de acordo com o juiz responsável pelo caso, é uma forma de conter o extremismo religioso que vem tomando conta do país. 


Desde 2012, cerca de 250 pessoas morreram em uma série de confrontos envolvendo budistas e muçulmanos. Além disso, mais de 150 mil pessoas, a maioria islâmicas, foram obrigadas a deixar o país. 



Nenhum comentário: