quarta-feira, 8 de abril de 2015

Líder espiritual africano lança em Fortaleza livro sobre a escravidão



O líder espiritual e defensor do patrimônio cultural africano e dos direitos humanos, Dadiarra Sheik Modibo lança em Fortaleza, Estado do Ceará, nesta sexta-feira, 10 de abril, o livro:

 "Menosprezo ocidental: lágrimas de sangue, contos e contas da escravidão" 


(Ed. CMM, 416 páginas, com versão e-book). 

A apresentação do livro e do autor, assim como a tradução da fala do sheik do francês para o português, serão realizadas pelo professor africano Basilele Malomalo, da Unilab (Universidade Internacional da Integração da Lusofonia Afro-Brasileira).

Um Olhar Africano 

O livro traz um olhar africano sobre o tema da escravidão, por meio de um descendente de escravos. Trata-se de um dos poucos relatos sobre escravidão do ponto de vista de quem sofreu com isso. O que se ensina nas escolas, segundo Modibo, é a versão ocidental da ocupação da África. "Neste livro, trato muito da banalização da conjuntura socioeconômica dos países africanos por parte do resto do mundo", diz o autor. 

Diáspora Africana e Atualidade 

A publicação apresenta figuras emblemáticas africanas e da diáspora negra, que fizeram história, mas são pouco conhecidos; uma declaração dos direitos humanos proposta para a África, com avanços em relação a que vigora atualmente; e uma série de discursos de chefes de Estado africanos e franceses. 

Em uma análise da atualidade política africana, o autor faz uma costura de todos esses temas, o que possibilita uma compreensão mais profunda da África de hoje e das características que permeiam a relação da população do continente com o resto do mundo.

O autor e construtor da paz 

Dadiarra Sheik Modibo é um príncipe africano descendente de escravos. Nascido na República do Senegal, o autor é intelectual e líder religioso, que trabalha pela preservação do patrimônio cultural do continente africano e pela promoção do diálogo inter-religioso, dos direitos humanos e da paz mundial. 

Foi responsável pela fundação da associação caritativa Comunidade Madinatu Munawara (CMM), no interior do Senegal, que atende a crianças e jovens.

Música, Capoeira, Coquetel 

Organizado pelo Movimento Nación Pachamama, em Fortaleza, que mantém parceria com a CMM, o lançamento do livro, contará com momentos musicais, nas vozes de Paulo Belim e Ana Cecília Moreira, além de apresentação de capoeira, como forma de reverenciar, por meio da arte, o continente berço da humanidade.





Nenhum comentário: