sexta-feira, 16 de outubro de 2015

A Relação entre Estado e Religião no Brasil



O crescimento do pluralismo religioso na sociedade brasileira nas últimas décadas tem acentuado as tensões e atritos sociais em meio a demandas por regulação ou desregulação do Estado sobre temas sensíveis às diversas denominações, como questões de gênero, aborto, família e adoção. 

Para discutir esses temas, a Unicamp realiza no dia 19 de Outubro, às 9 horas, no Centro de Convenções, o Fórum Laicidade e Intolerância, reunindo pesquisadores e membros do Congresso Nacional em três mesas de discussão sobre Estado laico, liberdade religiosa e intolerância.

O evento, que será transmitido ao vivo pela TV Unicamp, é organizado pelo Fórum Pensamento Estratégico (PENSES), um espaço acadêmico vinculado ao Gabinete do Reitor responsável por promover discussões que contribuam para a formulação de políticas públicas voltadas ao desenvolvimento da sociedade em todos seus aspectos. O PENSES busca prospectar temas e ideias que de alguma forma estejam à frente do tempo, estreitando a relação da Unicamp com a sociedade.

Entre outros especialistas, o encontro contará com a presença do antropólogo Peter Fry, professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro; da professora Magali Cunha, da Universidade Metodista de São Paulo e colaboradora do Conselho Mundial de Igrejas; do antropólogo e juiz de Direito Roberto Lorea; do senador João Capiberibe; e do deputado federal Jean Wyllys.

Duas perguntas centrais devem nortear o fórum. A primeira: Como pensar um Estado laico frente ao crescimento do pluralismo religioso da sociedade brasileira? A segunda: Como compreender a (in)tolerância religiosa frente às diferenças de credo, de moralidade e de comportamento de uma sociedade que se diversifica?

Serviço

Evento: 
Fórum Laicidade e Intolerância

Dia: 
19 de Outubro de 2015

Horário: 
9h às 16h30

Local: 
Auditório do Centro de Convenções/Universidade Estadual de Campinas
Endereço: Rua Elis Regina, 139, Cidade Universitária, Campinas (SP)




Mais informações: www.gr.unicamp.br




Nenhum comentário: