sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Livro mostra como o conceito de ‘Religião’ é abordado em Nietzsche



"Religião em Nietzsche”, escrito por Mauro Araujo de Sousa, é um dos novos livros da Coleção Filosofia em Questão, da Editora Paulus. 

Já na abertura da obra, o autor anuncia que o termo "religião” é abordado de uma forma bem abrangente, diferenciando-se de outras obras, com "recortes” e "encaixes” com denominações religiosas.



Nesse sentido, Sousa trata da dimensão da sacralidade natural da vida e do movimento, enquanto devir que reina no mundo: mudança constante. 

O livro descortina uma perspectiva de como pode-se ler um Nietzsche com uma religiosidade, mediante a sua expressão máxima de um deus que pudesse dançar, com base, inclusive, em alguns dos seus próprios aforismos.

"’Eu só poderia crer num deus que soubesse dançar: ensaio sobre religião e religiosidade em Nietzsche’ é um ensaio curto que nos instiga a uma reflexão mais profunda sobre o caráter do sentido da existência, como ponto fundamental naquilo que denominamos como ‘religião’; associando a isso a questão do sagrado”, destaca o autor.

Para ele, tudo o que existe é sagrado porque, para Nietzsche [Friederich Nietzsche (1844-1900), filósofo alemão], tudo é vontade de potência, relação de forças, movimento e nada mais… "Sagrado porque em tudo pulsa um deus, que dança, um deus relação de força, um deus vontade de potência”.

Ficha Técnica

Título: Religião em Nietzsche
Autor: Mauro Araujo de Sousa
Páginas: 144
Ano: 2015






Nenhum comentário: