quinta-feira, 27 de março de 2014

Maior ONG cristã do mundo passará a contratar homossexuais - Por Jarbas Aragão

Uma das ONGs cristãs mais conhecidas do mundo, a Visão Mundial está no meio de uma controvérsia nos Estados Unidos após anunciar que poderá contratar “cristãos gays”.

Em uma longa entrevista para a revista Christianity Today, o presidente da Visão Mundial dos EUA, Richard Stearns explicou que essa mudança de política deveria ser vista como um “símbolo não de comprometimento, mas de unidade”. Disse ainda esperar que a decisão ajude a inspirar a unidade em outros ministérios cristãos.

É considerada uma das 10 ONGs mais influentes do mundo. Sua filial americana possui 1.100 funcionários. As novas regras não mudaram em relação a proibição de relacionamento sexual fora do casamento. Contudo, homossexuais que estejam legalmente casados poderão ser contratado pela organização que se dedica a servir os pobres em diferentes partes do mundo.

A decisão não afeta imediatamente as sedes da Visão nos demais países onde eles atuam, como o Brasil. A decisão é vista por lideranças cristãs como um perigoso reflexo da “permissividade” que se instalou há mais de uma década em diferentes denominações, que passaram a ordenar pastores, pastoras, bispos e bispas homossexuais.

Stearns se defende das críticas, esclarecendo que a decisão do conselho da ONG não foi unânime, mas teve “esmagador apoio” para a mudança. “Mudar a política de contratarmos alguém que seja um crente professo em Jesus Cristo e viva maritalmente com alguém do mesmo sexo torna a nossa teoria mais coerente com a nossa prática em outras questões polêmicas”.

Para ele, “Este não é um endosso de casamento do mesmo sexo. Nós decidimos que não vamos entrar nesse debate. Mas insisto que não é uma rejeição do casamento tradicional, algo que nós apoios. Não estamos cedendo a nenhum tipo de pressão… Isso não irá comprometer nosso trabalho. Deixamos para as igrejas e denominações as questões teológicas. Somos um braço operacional da igreja global, não somos um braço teológico da igreja!… Além disso, nunca perguntávamos sobre a vida sexual dos candidatos antes de contratar alguém”.

Obviamente, muitos líderes evangélicos discordam, em especial Franklin Graham, filho de Billy Graham, que além do ministério de evangelização, lidera o ministério de misericórdia Samaritan’s Purse. Em uma carta aberta, lembrou que era amigo do falecido fundador da Visão Mundial, Bob Pierce, e que a decisão o envergonharia.

Segundo o Christian Post, é esperado que ministérios mais tradicionais parem de fazer doações para a Visão Mundial e devem passar a apoiar mais outras ONGs cristãs. Atualmente, a Visão Mundial atende mais de 100 milhões de pessoas em cerca de 100 países, recebendo cerca de um bilhão de dólares em doações anualmente.





Nenhum comentário: