terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Ao som de Beatles, 'missa' de padre excomungado reúne mais de 800 fiéis – Por Renata Marconi


Padre Beto diz que celebração é 'resposta ao apelo das pessoas'. Evento em Bauru também teve músicas de Lulu Santos e Zizi Possi.

O padre Roberto Francisco Daniel, que foi excomungado pela Igreja Católica no ano passado, realizou sua primeira "missa alternativa" neste domingo (25/01), em Bauru (SP). 

O salão, que tinha capacidade para 800 pessoas, ficou lotado, com gente do lado de fora. Segundo o padre Beto, como é conhecido, a celebração é uma "resposta ao apelo das pessoas" que sentiam falta da missa e também uma forma de cumprir sua vocação.

Para o padre, o público correspondeu às expectativas e parecia estar esperando aquele momento de recomeçar. “Foi muito recompensador estar em um ambiente em que as pessoas estavam unidas”, afirma.

O evento, que durou 1h20, teve a participação de um grupo que interpretou canções bem diferentes das que eram tocadas na igreja onde o padre celebrava missas. 

“Teve músicas variadas, sem essa divisão de gospel e profano. Tocaram Lulu Santos, Zizi Possi, Beatles, tudo o que falava de amor, que tinha conteúdo de vida, que se encaixava com o evangelho", explica.

Segundo ele, este foi o primeiro de muitos eventos que serão realizados, sempre aos domingos, enquanto for possível pagar o aluguel do salão do Grêmio Recreativo, onde é realizada. 

Beto diz que procurou um lugar que não desse conotação de igreja, mas os salões comerciais não queriam se comprometer com a polêmica. O grêmio foi a solução encontrada para dar sequência às missas.

Apesar das reuniões semanais, o padre garante que não irá criar uma igreja ou uma religião. Alguns ritos da Igreja Católica foram retirados para não criar vínculo com a mesma, mas a missa alternativa teve leituras e orações como qualquer outra religião, assim como a comunhão, que, segundo o padre, não é exclusiva da Igreja Católica. 

“A comunhão está presente em várias religiões: a ortodoxa, o luteranismo, os protestantes. O simbolismo do pão está em todas elas, já que Jesus deixou o ensinamento na última ceia.”

Entenda o caso

Roberto Francisco Daniel foi excomungado da Igreja Católica oficialmente no dia 15 de novembro de 2014, por divulgar vídeos na internet onde defende temas polêmicos, como a união entre homossexuais, fidelidade e necessidade de mudanças na estrutura da Igreja Católica.  Em abril de 2013, a Igreja pediu uma retratação do ex-padre, que foi negada.

Padre Beto iniciou uma campanha nas redes sociais com objetivo de obter uma resposta sobre a decisão do Vaticano. Em um vídeo publicado em seu perfil em uma rede social, o ex-sacerdote questiona o Papa sobre o que ele teria feito de errado para ser excomungado e se o Papa teria mesmo assinado a excomunhão, diante da postura mais aberta do representante maior da Santa Sé, mas, até agora, não obteve resposta.


Quase dois anos depois de realizar a última missa, o padre decidiu voltar a realizar missas. Segundo Beto, a celebração não terá vínculo com a Igreja Católica e a intenção não é fundar uma nova religião.




Nenhum comentário: