sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Fé e emoção marcam lavagem do adro da Igreja do Bonfim/BA

Fé e emoção da baiana na festa que homenageia Senhor do Bonfim

A tradicional lavagem das escadarias da Igreja do Bonfim por um grupo de baianas encerrou a programação religiosa da celebração, que ganhou as ruas da Cidade Baixa na manhã da quinta-feira, 15/01. 

Assim como todos os anos, o ato de lavar a frente da Basílica aconteceu após a chegada do cortejo que levou milhares de fiéis pelos 8 quilômetros do trajeto entre as igrejas de Nossa Senhora da Conceição e do Bonfim. Eles foram recebidos pelo padre Edson Menezes.

"Somos convidados a exercitar o diálogo interreligioso, combater todo o tipo de preconceito, discriminação, intolerância, terrorismo e violência. Vamos rezar pela paz", disse ele após iniciar o Hino ao Senhor do Bonfim, acompanhado pelos devotos e admiradores que lotaram a Colina Sagrada.

As festividades começaram por volta de 8h, com a tradicional celebração ecumênica na Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia, no Comércio.

Representantes da Federação Espírita da Bahia, Igreja Batista, Federação do Culto Afro Brasileiro, Hinduísmo e Organização Brahma Kumaris participaram da cerimônia.

Autoridades políticas da capital e do Estado também estiveram presentes na celebração. Um deles foi o vice-governador João Leão, que representou Rui Costa. O governador sofreu uma traqueobronquite e não compareceu à festa.

"Teremos quatro anos para fazer com seriedade, honestidade e competência um trabalho sério para todos os baianos", disse João Leão, ao se referir ao trabalho que estar por vir no governo da Bahia. Ele também afirmou sentir uma "alegria estrondosa" em participar da Lavagem.

Já o prefeito ACM Neto, que também acompanhou a cerimônia religiosa, negou que estivesse em campanha para as próximas eleições. 

"Agora não é o momento de pensar nas eleições de 2018, mas de governar e pensar nas coisas da cidade. Não é hora de futricas nem intrigas", enfatizou.

Após a celebração da Igreja, cerca de 50 baianas vestidas com trajes característicos deram início ao cortejo de oito quilômetros até a Colina Sagrada, completando a programação religiosa da Lavagem do Bonfim.

Mesmo antes do início do cortejo, milhares de fiéis já se concentravam em frente à Igreja do Bonfim para agradecer as preces alcançadas durante o ano. 

A Lavagem do Bonfim, que completa 261 anos em 2015, deve reunir mais de um milhão de pessoas nesta quinta, segundo expectativa da prefeitura.

O secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa, falou sobre o esquema de segurança montado para a festa. 

"Toda a nossa estrutura está aqui, mas essa é uma festa muito tranquila", disse o secretário, que acompanhou o cortejo desde a Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia.

O fim da celebração religiosa dá início à parte profana da festa do Bonfim. Com opções para todos os gostos, os participantes podem escolher qual o evento mais animado da programação.






Nenhum comentário: