sexta-feira, 6 de março de 2015

Prefeitura apoia evento beneficente da Igreja Ágape em Araguaína


Durante aniversário da Igreja, serão arrecadadas doações para crianças vítimas de abandono familiar. A atração principal é o do Ministério Livres Para Adorar.

Com o apoio da Prefeitura de Araguaína, a Igreja Evangélica Ágape realiza as comemorações de 10 anos de atuação na cidade. O aniversário da instituição religiosa será comemorado a partir desta sexta-feira, 06/03, até domingo, 08/03, em frente ao templo da Igreja Ágape, na Marginal Neblina. 


A grande atração é o show do Ministério Livres Para Adorar, cujo líder é o cantor Juliano Son, que além do louvor, também irá ministrar uma palavra aos participantes. O evento inicia às 20h, com entrada gratuita.

Durante as comemorações, serão montadas três tendas para venda de alimentação e água. Além das festividades, o objetivo do evento também é angariar fundos para a Casa de Acolhimento Menina dos Olhos de Deus, localizada no Setor Urbanístico e que atualmente atende 14 crianças, com idade entre dois e 14 anos, vítimas de violência doméstica, abuso e abandono.

“Esperamos um público de aproximadamente 10 mil pessoas”, estima o pastor Amilson Freitas, organizador do evento.

Ministério

O Ministério Livres para Adorar teve seu início em 2006, como resposta ao depoimento de uma missionária quanto a realidade do tráfico e escravidão sexual infantil no Nepal. Sensibilizado pelo relato, Juliano foi levado a gravar um CD com o propósito de promover e apoiar financeiramente um projeto que resgata crianças desse esquema de prostituição.

Desde então, já gravou quatro CDs: Livres para Adorar (2006); A Mensagem (2007), Pra Que Outros Possam Viver (2009) e “Mais um dia”, lançado em setembro de 2011; além de um DVD musical e dois DVDs de mensagens, gravados nas três edições da Conferência Livres. 

Juliano Son, líder do grupo, é pastor, missionário, músico, compositor e integrante do presbitério da Igreja Missionária Oriental de São Paulo.


Mais informações podem ser obtidas através dos telefones (63) 3414-3838 ou 8401-1027. 




Nenhum comentário: