terça-feira, 1 de outubro de 2013

Entre as correntes religiosas, o espiritismo é das mais numerosas – Por José Reis Chave

Por ser a religião mais atacada, tem-se a falsa impressão de que o espiritismo é uma das menores correntes religiosas. 

Suas verdades básicas são bíblicas e universais: a reencarnação, a mediunidade e o contato com os espíritos.

Proporcionalmente, ele é a religião da elite cultural, filosófica e científica do Brasil, com cerca de 300 editoras. E hoje, exceto nas cidades pequenas, é difícil encontrar-se um católico que não crê no espiritismo e não frequente um centro espírita. 

Segundo o IBGE, as religiões com mais adeptos no Brasil são: a primeira é a Igreja Católica; a segunda é a Assembleia de Deus; e a terceira é o espiritismo. No mundo, em sua maioria, as pessoas aceitam também os principais postulados espíritas. 

Por exemplo, com relação à reencarnação: Estônia (92%); Letônia (84%); Albânia (78%); Kosovo (83%); e Bulgária (94%). 

Para saber mais, recomendo “O Espiritismo na Atualidade”, de Ademir Luiz Xavier Júnior, doutor em física pela Unicamp, pós-doutor em laboratório pela Universidade de Freiburg, Alemanha, e pesquisador sênior do Centro de Pesquisas Avançadas Werner Von Braun; Jáder dos Reis Sampaio, catedrático de psicologia da UFMG; Alexandre Fontes da Fonseca, mestre e doutor em física pela USP e Unicamp, pós-doutor pela University of Texas, em Dallas (EUA), e professor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho; Anna Lívia Gomes, graduada pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro; Jeferson Batarello, mestre em ciências da religião pela PUC-SP; e Marco Antônio Figueiredo Milani Filho, economista, mestre e doutor em controladoria e contabilidade pela USP, pós-doutor pela Escola de Administração de Políticas da Carleton University, Canadá, e professor da Universidade Presbiteriana Mackenzie; Ed. Centro de Cultura, Documentação e Pesquisa do Espiritismo, São Paulo (SP); www.ccdpe@org.br; (11) 5072-2211.

Faz uns 30 anos que a Igreja parou de atacar o espiritismo. Mas os nossos irmãos evangélicos, não os protestantes, são os que ainda mais atacam a doutrina codificada por Kardec, “o bom senso encarnado”, segundo o filósofo e acadêmico francês Leon Dénis.

Mas o espiritismo é mais ciência e filosofia do que religião, pois é uma religião somente no sentido de adotar uma moral, que é “ipsis litteris” a mesma dos quatro evangelhos de Mateus, Marcos, Lucas e João, e que formam “O Evangelho Segundo o Espiritismo”, de Kardec. E o espiritismo leva muito a sério essa sua moral cristã. Daí que ele é chamado também de cristianismo redivivo.

E assim é que o espiritismo se torna, cada vez mais, uma das mais numerosas correntes religiosas cristãs. É o Ocidente se unindo com o Oriente, formando um só rebanho e um só Pastor!

Em 12.10.2013 ocorrerá o:

 5º Encontro Paulista de Monitores do Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita (Esde)

da União das Sociedades Espíritas do Estado de São Paulo (USE-SP), com o apoio da USE Municipal de Osasco. www.usesp.org.br; (11) 2950-6554.


Na TV Mundo Maior, canal aberto e a cabo em algumas regiões, por parabólica digital e www.tvmundomaior.com.br, o: 

“Presença Espírita na Bíblia”

 com Celina Sobral e este colunista, às 20h das quintas-feiras, e às 23h dos domingos. Perguntas e sugestões: presenca@tvmundomaior.com.br.

- E, na Rede TV, o: 

“Transição”

aos domingos, às 16h15.



- Com tradução deste colunista, está sendo lançado 

“O Evangelho Segundo o Espiritismo”

de Kardec, pela Ed. Chico Xavier. www.editorachicoxavier.com.br; (31) 3636-7147 / 0800-283-7147.




Nenhum comentário: