terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Dia de combater a intolerância religiosa - Por Bignardi Junior

Esta terça-feira, 21/01, é o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa e o ABCD, com os mais de 2 milhões de habitantes na sete cidades, é exemplo de diversidade nas religiões. 

A região tem cerca de 1,4 milhão de católicos e cerca de 300 mil evangélicos, segundo levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), com base nos dados do Censo 2010.

São Caetano é a cidade com maior proporção de adeptos do catolicismo, com 66,3% da população ou cerca de 100 mil pessoas. Por outro lado, são 651,3 mil evangélicos na região, sendo Diadema o município com mais seguidores, proporcionalmente, com 22% da população. Segundo o IBGE, os brasileiros professam mais de 30 diferentes religiões no território nacional.

Hoje, haverá o Encontro da Unidade Religiosa de São Bernardo do Campo, a partir das 18h30, no Teatro Cacilda Becker, localizado no Paço Municipal.

A programação será aberta com um momento ecumênico de partilha e ofertório e, em seguida, haverá assinatura de carta de intenções envolvendo os líderes religiosos da cidade. Pelo documento, as diversas entidades religiosas do município vão se comprometer com o combate à intolerância religiosa.

Evangélicos

Numa região em que a população dos sete municípios passa das 2 milhões de pessoas, a questão religiosa também é bastante diversificada. A população evangélica, por exemplo, aumentou 35,6% na última década. Segundo levantamento divulgado pelo IBGE, pouco mais de 25% dos moradores da região seguem um dos diversos segmentos evangélicos.

1,6 mi era o número de católicos no ABCD há 10 anos

Espíritas

No Brasil aumentou o número de pessoas que se declaram espíritas  na última década, passando de 1,3% para 2%. Eram 2,2 milhões e agora são 3,8 milhões de brasileiros. Menos representativo, o islamismo, com 0,2% da população, teve aumento de 29% e tem 35.167 pessoas.




Nenhum comentário: