terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Pesquisadores publicam obra inédita de Isaac Newton sobre o Apocalipse e a história da Igreja - Por Dan Martins

Um grupo de pesquisadores da Universidade de Sevilha publicou recentemente um estudo sobre uma obra inacabada de Isaac Newton (1643-1727), intitulado:

“Historia Eclesiástica”

O texto trás a interpretação de Newton acerca do Apocalipse e também sobre a história da igreja, classificada por ele como corrupta, ainda no século IV.

A publicação faz parte de um projeto do Conselho Superior de Pesquisas Científicas da universidade.

Newton foi físico, filósofo, teólogo, inventor e matemático, e ficou conhecido na história, principalmente, por ter descrito a lei da gravitação universal e estabelecido os fundamentos da mecânica clássica, por leis que levam seu nome.

Segundo a Agência SIN, o livro foi compilado a partir de três manuscritos da coleção Yahuda da Biblioteca Nacional de Israel (Jerusalém), considerada a principal coleção de manuscritos teológicos newtonianos. 

O conjunto de textos, não publicados durante a vida de Isaac Newton, foi leiloado em julho de 1936 e está distribuído atualmente em trinta bibliotecas no Reino Unido, EUA, Israel e Suíça.


De acordo com Pablo Toribio, pesquisador responsável pela publicação da obra, revela uma imagem de Newton totalmente diferente do homem com grande anseio matemático normalmente retratado pela história, e o mostra descrevendo, em um tom incansável, o porquê de o cristianismo ter sido corrompido no século IV.



Nenhum comentário: