segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Associação Católica Mundial para a Comunicação debate «cultura de paz» na Italia

A SIGNIS, associação católica mundial para a comunicação, vai reunir a partir de terça-feira (25/02), em Roma, mais de 300 profissionais da rádio, televisão, cinema e internet, de 80 países, para debater o tema: 

‘Os media por uma cultura de paz’

O congresso mundial vai ser aberto por D. Claudio Maria Celli, presidente do Conselho Pontifício para as Comunicações Sociais.

“Durante três dias, seremos confrontados com as mudanças com que a nossa cultura se depara, com as expectativas e esperanças do mundo inteiro, dando uma atenção particular aos jovens e, portanto, ao nosso futuro”, refere o responsável da Santa Sé, num comunicado da SIGNIS enviado à Agência ECCLESIA.

O arcebispo italiano assinala que o Papa Francisco pede a todos os comunicadores católicos “energias renovas e uma nova imaginação”.

congresso mundial da SIGNIS inclui conferências, ateliês, projeções e eventos ligados ao mundo da comunicação, abordando as redes sociais, o jornalismo, o marketing social, o cinema e a espiritualidade.

O presidente da associação, Augustine Loorthusamy, considera que esta iniciativa vai servir para “renovar” ideais” e “responder com criatividade e otimismo aos desafios de um mundo numérico e multimédia em perpétuo movimento”.

A fusão, em 2001, da UNDA (rádio e televisão) e do OCIC (cinema e audiovisuais) deu origem à SIGNIS International, que tem como membros associações católicas nacionais que congregam instituições e pessoas ativas no meio audiovisual e também organizações católicas internacionais para a comunicação.




Nenhum comentário: