segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Cai procura por casamento na igreja; sobe em locações de TV na Inglaterra

De acordo com uma nova pesquisa, casar-se na igreja é coisa do passado: apenas 35% das pessoas procuram pelo local no dia de “dizer o sim”. 

Em compensação, lugares que serviram como locação para casamentos de filmes ou séries como Downton Abbey ou Made in Chelsea estão em alta. As informações são do site do jornal britânico Daily Mail.

Do elegante Orangery at Goldney Hall em Briston, que recentemente serviu como cenário da cerimônia do Dr. Watson em Sherlock, ao Clandon Park, que era a casa de Keira Knightley em The Duchess, estes são apenas alguns dos locais disponíveis para se alugar no grande dia.

Um casamento no Hall Place de Mrs. Crawley, de Dowtonw Abbey, custa 6 mil libras (cerca de R$ 24 mil), enquanto que por 55 libras (cerca de R$ 220) por cabeça é possível alugar o Bluebird, de Made in Chelsea.

Também é possível alugar um champagne bar na estação St. Pancras, em Londres, que aparece nos filmes de Harry Potter. No Goldney Hall, em Bristol, que mantém arquitetura tradicional inglesa, é possível recriar o casamento do Dr. Watson, de Sherlock.

Já o Old Royal Naval College, em Greenwich, está disponível para locaçao por 92 libras por pessoa (cerca de R$ 367). O local também foi usado no último filme deJames Bond. O hotel The Ritz, que apareceu em 1999 no filme Notting Hill, com Hugh Grant, oferece um pacote com jantar a partir de 250 libras por cabeça (aproximadamente R$ 1 mil).

A Brocket Hall, usada no filme Orgulho e Preconceito, pode ser locada por 15 mil libras (aproximadamente R$ 60 mil). Já o O Clandon Park, do filme The Duchess, estrelado por Kiera Knightley em 2008, pode ser alugado por 3 mil libras (cerca de R$ 12 mil).

Mudança de hábito

Nos últimos anos, também ganharam popularidade locações como zoologicos, faróis, boates e ‘eco-houses’. O site You & Your Wedding Venue Finder, que conta com os detalhes de 1 mil locações para casamento, compilou em uma lista os top 10 locais utilizados em filmes que podem ser alugados.

Tiffanu Wright, que co-dirige a agência, disse nao estar surpresa com as opções que se tornaram populares. “Temos muitos clientes que querem fazer a proposta do casamento em locações de TV populares, então não é uma surpresa para mim que elas também se tornaram populares para casamentos.”

Ela afirma que a escolha tem a ver com o glamour dos lugares. “Todo mundo quer se sentir uma celebridade neste dia. Os casamentos se tornaram maiores e mais extravagantes”, ressalta.

Nos últimos anos, as igrejas da Inglaterra têm aceitado casais mais modernos, em uma tentativa de aumentar a popularidade dos serviços de casamento.

Noivos e noivas estão autorizados a utilizar música pop em casamentos na igreja e também a apostar em cerimônias extravagantes, como por exemplo noivas que cruzam as portas da igreja a cavalo. Também estão permitidos fotógrafos e cinegrafistas durante a celebração, uma prática tradicionalmente desaprovada.

A iniciativa, batizada de ‘Posh e Becks’, depois que David e Victoria Beckham se casaram em tronos de ouro a mais do que há uma década, foi produzida por uma comissão da Igreja, para melhorar os números de casamentos. Exemplos de cerimônias personalizadas incluem o casamento de motociclistas, em que os podem entrar na igreja em motocicletas vintage.





Nenhum comentário: