quarta-feira, 14 de maio de 2014

Livro trata futebol como religião nos 100 anos da seleção

Desta forma que Pedro Sirotsky editou o "Yellow Book", que contará os 100 anos de nossa seleção. 

Pedro se reuniu nesta segunda-feira (12/05) com o presidente da Confederação Brasileira de Futebol, José Maria Marin, e o futuro presidente Marco Polo Del Nero, para mostrar em primeira mão o livro que será lançado no próximo dia 27. 

Mais do que um livro histórico, o Yellow Book promete levar aos leitores uma forma diferenciada de ver a Seleção Brasileira. 

“Além de celebrar o centenário da Seleção Brasileira de Futebol, tratamos com uma forma lúdica, criativa e respeitosamente criando uma analogia à religião. O livro traz aspectos importantes como os fiéis, os cânticos, os deuses, os paraísos e os nossos infernos. Quem não chamará 1950 de um inferno em nossa vida? É assim que o livro está sendo tratado”, revelou Pedro. 

Sobre o conteúdo da publicação, Pedro disse que a parte gráfica é a que mais chama a atenção, mas que o conteúdo escrito também é bem trabalhado. 

“É um livro de arte, plasticamente trabalhado com muitos detalhes para que seu leitor não só tenha uma obra histórica, mas uma obra de arte e que mostra a importância desses 100 anos do futebol para qualquer brasileiro. Temos fotos históricas muito bonitas e textos curtos, mas que registram com clareza, sobretudo para aqueles que não conhecem a história desde o início da nossa seleção e a importância que ela tem em nossas vidas”, analisou.

Ao final do livro, o leitor encontrará os 10 mandamentos do torcedor brasileiro, que ilustra bem a ideia da analogia entre futebol e religião proposta. 

“Os 10 mandamentos, com todo respeito à religião, trata-se de fazer exatamente uma brincadeira. Jamais torcer para qualquer outra seleção, principalmente a Argentina. Jamais usar outro manto que não o da Seleção Brasileira. Trata-se de uma brincadeira lúdica, mas que sobretudo traz humor e criatividade”, contou Pedro. 

O lançamento será no dia 27 de maio, na Livraria Cultura do Shopping Iguatemi em São Paulo. 

“Desde já estão todos convidados. Faremos um evento que marque, com a presença dos principais dirigentes da CBF, como jogadores que fizeram parte desta história e dessa religiosidade que nos une”, finalizou o editor.




Nenhum comentário: