quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

50 anos do Golpe Civil-Militar de 1964 – Revisitando questões e debates


O Departamento de História e o Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) promovem, nos dias 11 e 12 de março, o seminário:

50 anos do Golpe Civil-Militar de 1964 – Revisitando questões e debates

De acordo com o professor José Alves de Freitas Neto, um dos organizadores do evento, o objetivo do encontro é discutir aspectos do regime político que, apesar de encerrado há quase 30 anos, permanecem inconclusos. 

“Buscamos, com essa iniciativa, construir na Unicamp um espaço de discussão sobre a ditadura civil-militar brasileira e as outras experiências recentes latino-americanas”, disse.

Temas como memória, trauma, gênero, transições e sociedade serão debatidos nas cinco mesas-redondas programadas para os dois dias de evento. Freitas Neto coordenará a mesa intitulada: “As ditaduras civis-militares do Cone Sul em perspectiva”. 

“Mulheres e Ditaduras” será o tema da mesa que será coordenada por Margareth Rago, também da Unicamp e co-organizadora do evento.

As atividades ocorrerão no auditório do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) da Unicamp, localizado na Rua Cora Coralina, 100, na Cidade Universitária, em Campinas.

Mais informações:




Nenhum comentário: