sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Milhares de pessoas se despedem de estudantes muçulmanos assassinados nos EUA


Três estudantes muçulmanos assassinados em um apartamento perto do campus da Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, foram velados na quinta-feira (12/02) em um funeral com a presença de milhares de pessoas, enquanto a polícia prossegue suas investigações para esclarecer os motivos do assassinato. 

Mohammed Abu-Salha, pai de duas das vítimas, Yusor Mohammad Abu Salha, de 21 anos, e sua irmã, Razan Mohammad Abu Salha, de 19, declarou à imprensa local que acredita que o assassinato, que comoveu esta pequena comunidade próxima a Raleigh, foi um "crime de ódio" motivado pela religião. 

"Acreditamos que nos odeia pelo que somos e por nossa aparência", disse o pai em referência ao autor dos disparos, Craig Stephen Hicks, que se entregou às autoridades após matar as duas jovens e Deah Barakat, de 23 anos, na noite de terça-feira. 

Em declaração transmitida pelo canal de televisão local "WRAL", Suzanne Barakat, irmã de Deah e que, da mesma forma que as duas jovens assassinadas, cobria sua cabeça com um hijab e se vestia do modo tradicional árabe, também exigiu das autoridades que investiguem "este crime de ódio execrável e sem sentido". 

No entanto, a esposa do agressor, Karen Hicks, declarou que seu marido, de 46 anos, tinha disputas relacionadas com vagas de estacionamentos com vários vizinhos, de todas as religiões, e seu advogado, Rob Maitland, insistiu que o crime "não tem nada a ver com as crenças religiosas das vítimas". 

A polícia, que pediu ajuda ao FBI, disse que ainda investiga todo tipo de motivações, inclusive as relacionadas com o ódio racial ou religioso, mas que realmente parece ter sido uma disputa relacionada com vagas de estacionamentos. 

O crime comoveu comunidade e hoje mais de 5.000 pessoas estiveram em uma cerimônia religiosa em honra às vítimas, que começou nas instalações de uma mesquita e que, devido à enorme quantidade de presentes, foi transferida a um campo de atletismo da Universidade da Carolina do Norte. 


Copyright Efe - Todos os direitos de reprodução e representação são reservados para a Agência Efe.



Nenhum comentário: