quinta-feira, 21 de maio de 2015

De cada 10 brasileiros, 8 dizem ser religiosos, diz pesquisa internacional


Tailândia é país com mais religiosos, e China o com menos.  No Brasil, 16% dizem não seguir religião e 2% se declaram ateus.

No Brasil, 79% da população afirma seguir uma religião, segundo pesquisa realizada em 65 países pela rede Worldwide Independent Network of Market Research (WIN), que no país teve parceria do instituto de pesquisa Ibope. 

O índice representa 8 em cada 10 brasileiros e está acima da média da população mundial, que é de 63% de religiosos ou 6 em cada 10 pessoas, segundo a pesquisa.

Por outro lado, 16% dos brasileiros dizem não ser religiosos e outros 2% se consideram ateus. Globalmente, 22% da população dizem que não têm religião, enquanto 11% afirmam ser ateus. 

Entre os países com índices maiores de religiosidade estão nações da África e do Oriente. A Tailândia apresenta o maior índice, com 94%, seguida de Armênia, Bangladesh, Geórgia e Marrocos, todos com 93%. O Brasil aparece na 23ª posição do ranking.

Já o país com o menor índice de religiosos é a China, onde 61% da população se declarou ateia e 29% disse não ter religião. Depois vêm Hong Kong (a pesquisa considera esta região administrativa da China em separado), com 34% de ateus, e o Japão, com 31%.

Em Israel, 65% disseram que não são religiosos nem ateus, enquanto apenas 30% dos entrevistados se declararam religiosos. Já nos territórios palestinos (Cisjordânia e Faixa de Gaza), 75% da população afirmou ter uma religião, comparado com 18% que disse não seguir nenhuma crença.


Entre os continentes, a África e o Oriente Médio aparecem, respectivamente, com 86% e 82% da população que se diz religiosa. No leste europeu o percentual é de 71%, nas Américas, de 66% e na Ásia, de 62%. 

Já na Oceania e na Europa, as opiniões são mais polarizadas. Na Oceania a proporção entre os que se declaram religiosos e os que dizem não seguir religião é de 44% para 37%. Na Europa, é de 43% para 37%.




Nenhum comentário: