quinta-feira, 21 de maio de 2015

Seminário “Saúde e Cidadania nos espaços de matrizes africanas” é nesta quinta-feira (21/05) em Guarujá/SP


Os interessados podem se inscrever no site: www.joanadarc.org ou ir direto ao local.

Fortalecer e reconhecer os terreiros de umbanda e candomblé como espaços de promoção de saúde e bem-estar social são os objetivos do Seminário:

“Saúde e Cidadania nos espaços de matrizes africanas de Guarujá”

O evento é organizado pelo Instituto Joana D'Arc e acontece na quinta-feira (21/05), às 18 horas, no Sindicato dos Funcionários Públicos da Prefeitura de Guarujá (Rua Manoel Hipólito do Rego, 84, Jardim Boa Esperança). 

A ação conta com apoio da Prefeitura, por meio da Assessoria de Políticas Públicas de Igualdade Racial, Sindicato e Programa Estadual de DST/Aids de São Paulo.

A programação contará com cantigas de saudação, apresentação do projeto: “Saúde e cidadania em pauta nos espaços religiosos de matrizes africanas”, palestra sobre tradição e prática nos terreiros, abordando histórias e memórias; racismo e relações de gêneros. 

Já na segunda etapa do evento, os temas abordados serão: “O terreiro como espaço de Assistência Social”; “Discutindo Aids nos espaços religiosos de matriz africana”; e “Experiência de Trabalhos em Rede: Rede Nacional de Religiões Afro-brasileiras e Saúde (Renafro); finalizando com um debate com a plateia e a pactuação de ações no Município.

Para o consultor técnico do Instituto Joana D'Arc, Luiz Eduardo Santos, embora o evento seja voltado aos povos de terreiros, outras pessoas interessadas nas temáticas também podem participar. 

“Os ilês vão além das questões da fé, já que também são espaços onde se trabalham cidadania, questões de saúde, acolhimento e direitos humanos. E é um evento voltado a toda comunidade. Quem não fizer as inscrições com antecedência, pode ir ao Sindicato e se inscrever na hora do evento”, reforçou.


As inscrições para os babalorixás (pais de santo), yalorixás (mães de santo), adeptos das religiões e toda comunidade continuam abertas. Os interessados podem se inscrever no site: www.joanadarc.org ou ir direto ao local.




Nenhum comentário: